Ação coletiva intentada por Asufin garante compensação dos consumidores lesados pela celebração de cláusulas pouco transparentes incluídas em contratos de hipoteca

ASUFIN pediu ao tribunal que declarasse nulas as cláusulas multimoedas celebradas pelo Barclays com os seus clientes, no âmbito de contratos de hipoteca, bem como a eliminação das mesmas em futuros contratos celebrados pelo banco. Na decisão proferida esta semana o tribunal deu razão ao pedido a associação de consumidores espanhola e declarou ainda que o banco será obrigado a recalcular as prestações já pagas pelos seus clientes, devendo os mesmos ser compensados em conformidade com o que pagaram em excesso por força das cláusulas contratuais multimoedas. A notícia pode ser lida na íntegra aqui: https://www.lavanguardia.com/economia/20210422/6990488/juez-dicta-pasar-euros-hipotecas-multidivisa.html